Pensar em nosso lar sempre traz um sentimento bom de proteção e tranquilidade. E se você acabou de se mudar ou pensa em reformar, não se preocupe: sempre é possível deixar sua casa mais aconchegante ainda, tanto para sua família, quanto para seus amigos.

As formas de alcançar esse resultado se diferenciam de acordo com as dimensões e as funções de cada espaço, além das variações do clima no qual a sua casa está inserida. No entanto, algumas estratégias funcionam independentemente da época do ano e do tipo de ambiente: tecidos, boa iluminação, plantas ou outros elementos naturais.

Descubra nesse post atitudes práticas e fáceis para tornar sua casa mais aconchegante! Continue a leitura!

Distribua plantas pela casa

Em ambientes grandes, o interessante é investir em vasos maiores, com plantas ou miniárvores que não exijam grandes quantidades de luz do sol para se manterem saudáveis — isso ajuda a mantê-las bonitas por mais tempo.

Em espaços mais compactos, prefira vasos com flores ou folhas sobre peças do mobiliário, pendure os vasos no teto com ganchos ou componha jardins verticais: eles ficam lindos tanto em varandas quanto em salas de estar ou jantar.

E se você acha que não tem muito talento para cuidar de plantas, saiba que existem várias espécies que não requerem cuidados constantes e estão muito em alta, como as suculentas. Além disso, as plantas artificiais também são um bom investimento, desde que você as limpe pelo menos uma vez por semana e troque a cada dois anos.

Use tonalidades de madeira

Usar madeira no mobiliário, em estruturas, no piso ou em esquadrias é sempre uma excelente escolha, uma vez que funciona muito bem tanto em climas frios quanto quentes. Prefira madeiras claras ou médias: afinal, o excesso de tons escuros pode deixar o ambiente visualmente carregado.

Usar móveis alternativos ou artesanais também são boas escolhas, pois em muitos casos você contará com uma peça de design único, além de valorizar o trabalho de produtores locais.

Outros elementos naturais como gravetos, galhos e pedaços finos de troncos podem ser envernizados e utilizados na decoração de forma bastante inovadora. Eles ornam muito bem dentro de vasos, fazendo parte da estrutura de uma estante ou simplesmente apoiados em uma parede.

Abuse dos tapetes

Quem não gosta de pisar em uma superfície macia, não é mesmo? Essa sensação se intensifica à medida que você usa tapetes de pelos longos ou feitos em um material suave e durável, como o nylon, por exemplo.

Em climas frios, os tapetes são uma forma extra de conferir uma sensação mais agradável ao piso, especialmente em salas de estar, jantar e quartos. Já nos climas quentes, eles atuam como um isolante térmico, mantendo a temperatura do ambiente mais agradável por mais tempo e otimizando, inclusive, a utilização do ar-condicionado.

No entanto, se você tem em casa bichos de estimação ou familiares com alergias respiratórias, certifique-se de que os tapetes são de fibras sintéticas e antialérgicas como a poliamida. Eles garantem a não proliferação do ácaro, evitando a alergia. É importante, também, higienizá-los regularmente.

Priorize a iluminação indireta

Por meio de rasgos em forros, sancas, arandelas ou pendentes é possível iluminar o ambiente com uma luz mais suave e uniforme, garantindo conforto visual aos usuários do ambiente. Esse efeito também pode ser alcançado distribuindo spots ou luminárias pequenas nas periferias do teto, ou com trilhos, cujo foco deve ser voltado para as paredes.

A iluminação indireta evita ofuscamentos e reduz a quantidade de estímulos luminosos sobre o corpo humano. Essa redução é importante nas horas finais do dia e mais ainda para pessoas com dificuldades para dormir. Com tonalidades de iluminação branca neutra ou quente — mais amarelada —, a sensação de relaxamento é potencializada.

Os sistemas e equipamentos de dimerização estão cada dia mais acessíveis a todos os orçamentos e são uma ótima maneira de controlar a quantidade de luz que se deseja num ambiente. Consulte empresas e profissionais especializados nessa tecnologia para obter um projeto de qualidade.

Invista em produtos feitos à mão

Cobertores, toalhas de mesa e mantas feitas à mão dão um charme a mais a sofás, cadeiras e poltronas e são perfeitas para mudar a decoração, adequando-a a dias mais frios, e manter a sua casa muito mais aconchegante. Além de aumentarem a sensação de aconchego, é muito bom tê-los à mão para nos aquecer no inverno.

Em quartos, podem ser usados sobre a cama, como finalização da arrumação. Numa sala de jantar, mantas vão bem sobre cadeiras de materiais mais frios, para evitar aquele contato desagradável com assentos em temperaturas baixas. O importante é escolher tecidos que sejam macios e agradáveis de tocar, como a lã, o tricô, o linho e o algodão.

Aposte nas almofadas

As almofadas sempre foram, além de objetos para proporcionar maior conforto, grandes aliadas da decoração de interiores. As de crochê e de algodão são as mais tradicionais. No entanto, a cada dia surgem novos tecidos e formatos, que vão desde efeitos holográficos até as do tipo knot — nó, em inglês, uma das maiores tendências atuais.

Invista em formas e estampas que combinem com seu estilo decorativo e com suas preferências pessoais. As possibilidades são inúmeras: almofadas em formato de animais, diamantes, com frases inspiradoras, pinturas que imitam skylines de grandes cidades e cores fortes ou neutras. Sua criatividade é quem manda!

Prefira cores neutras

Os tons neutros — off-whites, marrons e cinzas — compõem uma excelente base de decoração, principalmente quando utilizados em variações mais claras. Desse modo, os ambientes ficam aparentemente mais amplos, causando sensações de bem-estar e tranquilidade. Além do mais, uma decoração de base neutra nunca corre o risco de sair de moda!

Cores sempre podem ser utilizadas de forma moderada, para quebrar a monotonia. Mas, especialmente aquelas mais fortes, requerem mais cuidados para não serem visualmente agressivas, causando agitação e estresse às pessoas que diariamente utilizam os ambientes.

Utilize aromatizadores de ambientes

Banheiros e lavabos são os locais perfeitos para dispor aromatizadores líquidos. Certas fragrâncias, como o alecrim, trazem frescor ao ambiente, enquanto que baunilha e canela reforçam a sensação de acolhimento e conforto. As velas aromáticas, por outro lado, vão bem em quartos e salas. Mas atenção: procure mantê-las longe de materiais inflamáveis.

Além disso, existem linhas inteiras de produtos encantadores, desde a embalagem até o cheiro. Portanto, é mais uma maneira de decorar os banheiros íntimos ou sociais da casa, de acordo com as preferências pessoais de cada usuário e demonstrando atenção a todos os detalhes, especialmente quando você for receber hóspedes.

Abra as portas e janelas

Ainda que você e seus familiares passem muito tempo fora de casa, ao menos uma vez por dia, abra bem as portas e janelas para permitir a renovação do ar e, durante as horas diurnas, a entrada de luz natural. Caso alguma pessoa permaneça em casa durante o dia, melhor ainda: os vãos podem ser mantidos abertos pelo máximo de tempo possível.

Essa atitude tão simples previne o desenvolvimento de mofos, fungos e alergias, ajuda no controle da temperatura interna e evita que se faça uso da iluminação artificial ainda durante o dia — o que contribui para a redução da conta de energia elétrica no fim do mês. O bolso agradece!

Ao escolher as cortinas ou persianas, prefira as de cores claras. Elas protegem os ambientes internos do ganho de calor, mas permitem que a iluminação chegue de forma difusa, mais suave, dentro do ambiente. Nos quartos, os blackouts são bem-vindos para garantir boas noites de sono, mas procure sobrepô-los com tecidos leves.

Mantenha a casa organizada e mais aconchegante

É praticamente impossível relaxar de verdade num ambiente bagunçado e sujo, certo? Portanto, seja você ou mesmo uma pessoa contratada fazendo a limpeza, estabeleça uma regularidade e procure preservar a organização de roupas, sapatos e demais objetos.

Para ajudar nessa tarefa, uma boa estratégia é separar os objetos em pequenas caixas, cestos ou bandejas. Em caso de utensílios pequenos, como material para costura, por exemplo, adicione etiquetas às caixas. Assim, ficará mais fácil manter cada coisa em seu lugar e você encontrará tudo sempre que precisar.

Dentre as tendências apresentadas, procure escolher aquelas que mais se adaptam ao seu estilo de vida e às suas preferências pessoais. Afinal, se identificar com seu próprio cantinho é parte essencial de se sentir feliz e confortável nele!

Aprendeu tudo sobre como deixar sua casa mais aconchegante? Se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe este post nas redes sociais! Estamos no FacebookInstagramPinterestLinkedIn e YouTube.