Os tapetes com estampas em formatos geométricos são uma forte tendência na decoração e têm aparecido cada vez mais em diversos estilos e ambientes.

Ficam bem para locais sóbrios e, em cores chamativas, também agregam modernidade e dinamismo. Outras vantagens são: a possibilidade de combinação com outras estampas, a forma como o padrão pode ajudar a ampliar o espaço e até proporcionar aconchego!

Seja com quadrados, triângulos, círculos, linhas e até labirintos, apostar em um tapete geométrico é uma escolha certeira para ambientes que vão do minimalismo ao extravagante. Confira agora como usar e abusar dos tapetes geométricos!

Padrões para todos os gostos e estilos

Uma das vantagens dos tapetes geométricos é a variedade de padrões possíveis e capazes de se encaixarem em diversos estilos de decoração. Ele é o preferido por quem busca o escandinavo, industrial e contemporâneo, mas com a estampa e cores certas, pode assumir ares retrô, romântico, futurista e até lúdico.

Para estilos modernos e futurista, uma boa escolha são os tapetes geométricos com estampas de prismas. As formas triangulares remetem ao contemporâneo e em cores fortes, a peça torna-se o ponto central do ambiente.

No entanto, se você optar por prismas mais simétricos, a peça encaixa-se bem com formas clássicas e até no industrial. Em tons claros pode ser usada em espaços minimalistas e em tons pastéis ficam perfeitos para quartos de criança.

Os círculos se adequam bem em decoração retrô, setentista e pop art. Eles carregam movimento e têm potencial para serem uma estampa de personalidade no espaço, em cores fortes e vivas. Podem ser círculos lado a lado ou um sobre o outro, formando uma estampa cheia de dinamismo. A questão aqui é equilibrar com linhas retas e peças decorativas que reforcem o estilo para deixar tudo em harmonia — já que os círculos, por si só, já são mais cansativos do que outras estampas.

Uma peça que proporciona dinamismo sem cansar é o chevron ou zig-zag: tendência muito forte no mercado e uma das estampas preferidas de lares modernos e jovens. Ele ainda pode aumentar o ambiente visualmente, o que o torna especialmente interessante para apartamentos e cômodos compactos. É possível encontrá-lo com bases neutras ou coloridas e em inúmeras variedades de tons.

As listras também são uma ótima escolha. Praticamente um clássico, elas ajudam a alargar ou aumentar um ambiente quando usadas na direção correta. Aproveite que a estampa é um pouco menos cansativa e explore as cores. No entanto, uma aposta clássica é o preto e branco, podendo variar entre tons de cinza, bege e off-white. Ideal para renovar o ambiente e um bom tapete para usar como segunda opção (algumas pessoas gostam de trocar de vez enquanto).

Combinação com outros elementos

Nem todas as pessoas ficam confortáveis ou seguras com a mistura de estampas. Caberá ao profissional da arquitetura ou design de interiores mostrar como uma boa combinação trará mais vida e sofisticação ao ambiente. Uma boa maneira é colocar as padronagens lado a lado em um fundo neutro e observar se elas parecem se complementar ou não.

Outra dica é apostar em uma base neutra, ou seja, móveis maiores, paredes e cortinas em cores sóbrias. Assim, as estampas se tornarão as protagonistas, agradando quem fica um pouco inseguro com a ousadia.

No caso do tapete para sala de estar ou quarto, vale a pena apostar na dica clássica: combinar com almofadas. Como o mix de texturas e padrões está em alta, que tal usar almofadas com tecidos diferentes? Assim, mesmo que o ambiente seja sóbrio, você conseguirá quebrar a monotonia, deixando tudo mais interessante.

Uma dessas estampas pode ser parecida com a tapeçaria em cores ou padrão. A partir dela, você terá a possibilidade de usar outra padronagem, se distanciando um pouco mais do tapete, e assim, proporcionando o dinamismo necessário.

Para outros cômodos, como a cozinha, banheiro ou escritório, os tons do geométrico podem aparecer em objetos de decoração como quadros e cortinas. Até mesmo papel de parede pode ser um elemento de combinação. Uma boa dica é, em todos esses casos, observar a principal cor da tapeçaria, ou a mais forte delas, e distribuir alguns elementos da mesma cor, ou em tom sobre tom pelo ambiente.

Tom sobre tom, contraste e textura

Outra dúvida na hora de escolher um tapete é sobre a cor ideal. Muita gente cai no erro de acreditar que ele precisa estar em perfeita harmonia, mas a verdade é que, muitas vezes, é no contraste ou no tom sobre tom que mora a elegância e sofisticação.

Olhando para o círculo cromático, é possível perceber que combinações em tons complementares podem ser extravagantes ou sóbrias. Tudo depende da cor da qual você partiu. Já as cores opostas ajudam a destacar cada uma delas e pode ser uma boa forma de combinar o tapete com outros itens da decor.

O tom sobre tom, por outro lado, é ótimo para estampas chamativas, como aquelas que parecem labirintos, por exemplo. Esse desenho, inclusive, fica muito bem em escritórios e em salas sóbrias. Esses locais também podem receber um modelo listrado, chevron ou em prisma em tons complementares ao da decor, na busca por uma uniformidade e elegância.

Quanto aos contrastes, uma boa forma de explorar a tapeçaria é optar por uma cor chamativa em um ambiente totalmente monocromático. Por exemplo: uma sala em tons de cinza e preto ganharia um toque incrível com um tapete em azul, verde e até vermelho. Ao contrário também fica interessante: salas com um sofá chamativo podem receber um modelo em preto e branco ou outras cores sóbrias.

Outra característica dos tapetes geométricos é proporcionar textura ao ambiente. Apesar desse padrão ser mais utilizado em modelos com pelo baixo, você pode usar um modelo com duas ou mais espessuras. É uma escolha interessante para quartos e salas de estar, mas talvez não tanto para sala de jantar.

Além disso, há os desenhos que passam uma sensação de três dimensões, outra tendência muito presente e atual na decoração. Ainda sobre texturas, outra dica é optar por linhas finas na tapeçaria caso os móveis sejam mais robustos. O inverso também é válido.

Escolha do tapete geométrico ideal

Independentemente da forma escolhida para o tapete, é importante que ele tenha o tamanho adequado ao espaço e também um material de qualidade. Uma boa forma para garantir essas características, é optar pela personalização: ou seja, encomendar exatamente aquilo que você espera para a decoração, inclusive com a possibilidade de escolher as melhores cores.

Os de nylon são uma ótima opção para modelos sob medida. A fibra sintética apresenta fácil manutenção, além de um ótimo toque e aconchego para praticamente todos os cômodos. Outra característica desse material é que existem algumas tecnologias antichamas, antiestáticas e antialérgicas, o que o torna seguro e muito prático para escritórios ou casas com crianças e animais.

Ao optar por uma peça sob medida, você terá a disposição, inúmeras possibilidades, não ficando preso ao que um ou outro fabricante oferece. Será possível usar as cores que você desejar e solicitar que o padrão geométrico fique na direção mais adequada ao ambiente (horizontal ou vertical), sem falar no valor da exclusividade e de ter algo feito especialmente para determinado cômodo.

Os tapetes geométricos são uma tendência no mercado e, o fato de oferecerem tantas possibilidades, tem feito com que eles estejam cada vez mais presentes nas decorações modernas às clássicas. Com alguns conhecimentos em decoração é possível combiná-los de forma harmônica e sofisticada. Você está pensando em usar um tapete geométrico?

Conheça, então, a Santa Mônica Tapetes e Carpetes. São mais de 40 anos de história oferecendo tapetes sob medida e personalizados. Eles são fabricados em Nylon 6.6 da marca Antron, material mundialmente conhecido por sua durabilidade e qualidade.

Entre em contato conosco e conheça nossas coleções para tapetes residenciais e corporativos!